2° Escola de Formação Feminista – RJ

Olha que oportunidade bacana para estudar, trocar conhecimento e conhecer manas novas!

PROGRAMAÇÃO:
– RESGATE HISTÓRICO DO FEMINISMO NA AMÉRICA LATINA – destacando a luta dos movimentos de mulheres no Brasil a partir da década de 60. Nossa companheira Ma Ju da MMM-SP vem contribuir!!!
– OFICINA SOBRE FEMINISTA NA LITERATURA NA AMÉRICA LATINA. Realizada por nossa compa Milena do RJ!!!
– OFICINA de BATUCADA FEMINISTA: “No batuque do tambor a revolta social”
Faça sua inscrição no link: https://goo.gl/ACqCzg

Coletivo Gaiolas disponibiliza on-line o curta “Ana”

ANA se move em uma poética que toca as inquietações do corpo, das relações de gênero e da família. Parte dos relatos de cinco irmãs criadas no Recôncavo da Bahia entre as décadas 1960-1980 e da educação dada por sua mãe. Indícios, fragmentos de vida que me compõem, especialmente aqueles que identifico-me enquanto mulher.
A memória é um instrumento de ficção. ANA é uma realização do Coletivo Gaiolas, com direção de Camila Camila e tem apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia, Secretaria de Cultura e Governo do Estado da Bahia.
Curta a página do Coletivo: AQUI

LETRA 100% Feminista MC Carol e Karol Conka + Link para Download

 

MC CAROL

Presenciei tudo isso dentro da minha família
Mulher com olho roxo, espancada todo dia
Eu tinha uns 5 anos, mas já entendia
Que mulher apanha se não fizer comida

Mulher oprimida, sem voz, obediente
Quando eu crescer, eu vou ser diferente

Eu cresci, prazer C/Karol bandida
Represento as mulheres 100% feministas (2x)

Represento a (?), represento Carolina
Represento Dandara e Xica da Silva
Sou mulher, sou negra, meu cabelo é duro
Forte, autoritária, às vezes frágil eu assumo

Minha fragilidade não diminui minha força
Eu que mando nessa porra, eu não vou lavar a louça!

Sou mulher independente, não aceito opressão
Abaixa a sua voz, abaixa a sua mão!

KAROL CONKA

Mais respeito, sou mulher destemida
Minha marra vem do gueto
Se estavam querendo peso, então toma essa dueto!

Desde pequenas, aprendemos que silêncio não soluciona
Que a revolta vem à tona, pois a justiça não funciona

Me ensinaram que éramos insuficientes
Discordei, para ser ouvida o grito tem que ser potente

Eu cresci, prazer C/Karol bandida
Represento as mulheres 100% feministas (2x)

Represento Nina, Elza, Dona Celestina
Represento Zéferina, Frida, Dona Brasilina
Tentam nos confundir, distorcem tudo que eu sei
Século XXI e ainda querem nos limitar com novas leis

A falta de informação enfraquece a mente
Tô numa crescente porque eu faço diferente

Eu cresci, prazer C/Karol bandida
Represento as mulheres 100% feministas (2x)

MC CAROL E KAROL CONKA
Eu cresci, prazer C/Karol bandida
Represento as mulheres 100% feministas…

BAIXE A MÚSICA: AQUI